1
1

Maurício Oppitz

YOUAH Página Inicial » Notícias » Maurício Oppitz no Blogspot
Sábado, 22 Set 2018

mauriciooppitz.blogspot.com

Computadores na CES 2014; híbridos, chromebooks e ultrabooks

A próxima edição da CES, uma das maiores feiras de tecnologia do mundo, será realizada em Las Vegas, nos Estados Unidos, no próximo dia 07 a 10 de janeiro e reserva importantes lançamentos para o mercado de computadores pessoais. Este ano, as novidades tenderão mais uma vez a aparelhos menores e mais poderosos, com destaque para modelos renovados de ultrabooks, chromebooks e híbridos.

CES 2014: O que esperar da feira esse ano? Tendências, rumores e mais

CES deve ter, entre outros, novos Chromebooks, como o Acer C710, primeiro do tipo no Brasil (Foto: Divulgação/Acer)CES deve ter, entre outros, novos Chromebooks, como o Acer C710, primeiro do tipo no Brasil (Foto: Divulgação/Acer)

A CES costuma apresentar novas tendências ao mercado, assim como ocorreu com os ultrabooks, hoje já bastante populares. Mais recentemente, computadores conversíveis colocaram em um só corpo funções PC e tablet, tentando tirar proveito da nova interface do Windows e fazendo a concorrência reclamar. Por fim, os chromebooks ainda não obtiveram a fatia de consumo que pretende o Google, mas modelos rodando o Chrome OS já chegam a novos mercados, como o brasileiro, e tendem a "roubar" cada vez mais usuários do PC convencional.

Ultrabooks

Já estabelecido no mercado como um produto indispensável para quem quer máquinas rápidas e portáteis, os ultrabooks deverão ver, certamente, novos modelos na CES, porém não é esperado nada de revolucionário nesse segmento. A quarta geração de chips Intel (Haswell) tendem a equipar a maioria dos computadores, que vão competir pela preferência do consumidor apostando em recursos como duração da bateria, espessura e leveza, além de resolução da tela.

Ultrabooks cada vez mais poderosos e finos (Foto: Luciana Maline/TechTudo)Ultrabooks cada vez mais poderosos e finos (Foto: Luciana Maline/TechTudo)


Podemos também aguardar novos tamanhos de SSD, tornando a inicialização do Windows 8 ainda mais rápida. Porém, é importante lembrar que grandes marcas tendem a lançar seus topos de linha em outros períodos do ano, o que pode enfraquecer lançamentos grandes nessa categoria.

Híbridos

Terminado o período de adaptação em que fabricantes testaram todos os formatos possíveis de computadores conversíveis, esta categoria tende a ganhar refinamentos em todos os quesitos nos modelos a serem apresentados na feira em Las Vegas. Marcas como DellSamsung, LG, HPLenovo eSony deverão mostrar PCs ainda mais leves e com maior ergonomia para uso no modo tablet.

Conversível ASUS Taichi (Foto: TechTudo/Rodrigo Bastos)Híbrido da ASUS, Taichi conta com duas telas (Foto: Rodrigo Bastos/TechTudo)


Chips da Intel e AMD devem equipar a maioria das máquinas híbridas, o que deverá aumentar a autonomia de bateria e entregar uma interação maior e mais bem feita entre PC e tablet – afinal, alguns modelos requerem que o hardware esteja instalado em uma parte pequena do corpo, como os que têm teclado destacável.

Com a variedade de modelos, espera-se também que haja diminuição de preço dos híbridos que estão no mercado hoje, aumentando a demanda e gerando mais competição entre uma quantidade maior de marcas, ajudando a popularizar esse tipo de tecnologia.

Chromebooks

Ainda representam um mercado incerto, mas devem ser apresentados novos chromebooks de diversas marcas na CES 2014. O grande desafio, aqui, será apresentar máquinas que casem muito bem recursos de hardwares decentes e com preços ainda mais reduzidos, de modo a justificar sua compra na briga com notebooks ou ultrabooks convencionais.

Dell Chromebook 11 promete duração de bateria de até 10 horas (Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo)Dell Chromebook 11 promete duração de bateria de até 10 horas (Foto: Fabrício Vitorino/TechTudo)


Por outro lado, pode-se esperar também alguma novidade na categoria que aumente o apelo de PCs com Chrome OS ou modelos rodando Android, ambos do Google, tornando-os desejáveis por qualquer tipo de consumidor – talvez novos recursos offline ou algo que os deixem mais parecidos com a experiência de uso de uma máquina com Windows.

Via CNET


fonte : http://www.techtudo.com.br/noticias/noticia/2014/01/computadores-na-ces-2014-hibridos-chromebooks-e-ultrabooks.html

Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com

Qual o papel da Ergonomia para a saúde

 A ergonomia se preocupa com as condições gerais de trabalho, tais como, a iluminação, os ruídos e a temperatura, que geralmente são conhecidas como agentes causadores de males na área de saúde física e mental mas que o estudo procura traçar os caminhos para a correção. O seu objetivo é aumentar a eficiência humana através de dados que permitam que se tomem decisões lógicas. O custo individual é minimizado através da ergonomia que remove aspectos do trabalho, que em longo prazo, possam provocar ineficiências ou os mais variados tipos de incapacidades físicas. Nas condições em que a atividade do indivíduo envolve a operação de uma peça de equipamento, na maioria das vezes, ele passa a constituir, com este equipamento, um sistema fechado. Este visa apresentar muitas das características de auto-regulamentação (feedback). Como dentro de tal sistema é o indivíduo quem usualmente decide, torna-se necessário que ele seja incluído no estudo da eficiência do sistema. Para que a eficiência seja máxima é preciso que o sistema seja projetado como um todo com o homem completando a máquina e esta completando o homem.



 

 



Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com

Qual o papel da Ergonomia para a saúde

 A ergonomia se preocupa com as condições gerais de trabalho, tais como, a iluminação, os ruídos e a temperatura, que geralmente são conhecidas como agentes causadores de males na área de saúde física e mental mas que o estudo procura traçar os caminhos para a correção. O seu objetivo é aumentar a eficiência humana através de dados que permitam que se tomem decisões lógicas. O custo individual é minimizado através da ergonomia que remove aspectos do trabalho, que em longo prazo, possam provocar ineficiências ou os mais variados tipos de incapacidades físicas. Nas condições em que a atividade do indivíduo envolve a operação de uma peça de equipamento, na maioria das vezes, ele passa a constituir, com este equipamento, um sistema fechado. Este visa apresentar muitas das características de auto-regulamentação (feedback). Como dentro de tal sistema é o indivíduo quem usualmente decide, torna-se necessário que ele seja incluído no estudo da eficiência do sistema. Para que a eficiência seja máxima é preciso que o sistema seja projetado como um todo com o homem completando a máquina e esta completando o homem.



 

 



Joomla Templates and Joomla Extensions by JoomlaVision.Com

Página 9 de 108